SciELO e o futuro dos periódicos

A VI Reunião Anual do SciELO Brasil, realizada no dia 14/12/2016 na sede da FAPESP, tratou principalmente do futuro dos periódicos, considerando os contextos e condicionantes nacionais e globais. Vem crescendo os questionamentos sobre a publicação de periódicos que motivam reformas e inovações, entre as questões principais estão a lentidão do processo de publicação que não raramente leva mais de um ano, a eficiência da revisão por pares, a reprodutibilidade dos resultados das pesquisas, os altos custos, as brechas na integridade dos processos de avaliação e dos próprios artigos, o uso do fator de impacto do periódico como proxy da qualidade das pesquisas que publica, situação que afeta principalmente os periódicos editados no Brasil e em muitos outros países em desenvolvimento, etc.

Entretanto, mesmo com um amplo reconhecimento da persistência de problemas e da busca continuada de melhoramentos, houve consenso sobre o papel relevante que cumprem os periódicos na filtragem, validação e comunicação de novos conhecimentos gerados pelas pesquisas. Igualmente, se reafirmou a importância do Programa SciELO e da sua continuidade inovadora em prol do fortalecimento das infraestruturas e capacidades de comunicação científica do Brasil, fato que é extensível aos outros 14 países que participam da Rede SciELO. Independentemente da profundidade das reformas que venham a ocorrer na comunicação científica, os periódicos continuarão existindo no exercício de qualificar os resultados das pesquisas.

A reunião analisou, como de costume, o estado de avanço da Coleção SciELO Brasil e as perspectivas que moldam o seu futuro a curto, médio e longo prazo, e, para tanto, contou com a colaboração proativa de especialistas em questões contemporâneas da comunicação científica e de editores-chefes de periódicos SciELO de prestígio. As condições e políticas nacionais que afetam o desenvolvimento dos periódicos e os avanços da comunicação científica internacional permearam a estrutura do programa de apresentações da reunião, as análises e debates. Dados sobre os especialistas e editores que compuseram o programa assim como os arquivos das suas apresentações estão disponíveis na página do programa da reunião no website da reunião.

A imagem abaixo destaca os palestrantes. Clique nela para acessar o website da reunião.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *