Preceptores de programas de residências profissionais em saúde são tema de livro

Você já parou para pensar como é feita a formação do médico ou enfermeiro residente, por exemplo? Quem é responsável por ela? O que os alunos aprendem? Essas e outras perguntas começam a ser respondidas no livro “Preceptoria em programas de residência: ensino, pesquisa e gestão”, coordenado por Adriana Aguiar, pesquisadora do Laboratório de Comunicação e Saúde (Laces), do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict), da Fiocruz.

A publicação aborda o papel desses profissionais de preceptoria nos programas de residências profissionais em saúde e na área profissional, apresentando experiências e percepções de preceptores de residência e coordenadores de programas em 15 estados brasileiros e em oito províncias espanholas, oferecendo “uma fotografia atual dos avanços e desafios colocados para a formação de especialistas em saúde”.

Com realização do Icict/Fiocruz, do Ministério da Saúde e do Instituto de Medicina Social (IMS), da Uerj, o livro tem apoio da Organização Panamericana de Saúde (Opas), do Ministério da Saúde e do Centro de Estudos e Pesquisa em Saúde Coletiva – Cepesc, o livro será lançado dia 23 de agosto de 2017, durante o 55º Congresso Científico do Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe), da Uerj, que fica no Boulevard 28 de Setembro, 77, em Vila Isabel, no Rio de Janeiro (RJ).

Para saber mais sobre o livro, leia a entrevista de Adriana Aguiar no site do Icict/Fiocruz

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *