Carta Aberta ao IMS por Mirani Barros

Na carta, lida durante o XI Seminário dos Estudantes do IMS, ocorrido no dia 27/10, a ex-estudante do mestrado Mirani Barros questiona a não-existência de um sistema de cotas para ingresso na pós-graduação do IMS e ainda a exigência do segundo idioma para uma decisão política de eliminação, sem a crítica sobre quem se elimina e a quem serve essa eliminação. O caso de Mirani deu o ponta-pé para que as áreas de concentração da Pós-Graduação do IMS discutam sobre o assunto de cotas e da segunda língua para as seleções futuras no Programa.

LEIA AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *