Bolsonaro, a pandemia e o compromisso com o mercado

Em artigo publicado no Le Monde Diplomatique Brasil, o pesquisador e professor do Instituto de Medicina Social, Ronaldo Teodoro afirma que “a manutenção da disputa política em alta voltagem segue sendo outro alicerce político de Jair Bolsonaro. Na linha do seu jogo de luz e sombra em relação ao Congresso Nacional (Câmara e Senado), e às medidas adotadas pelos governadores, soma-se à sua plataforma discursiva a reiterada minimização dos efeitos da pandemia do novo coronavírus, contrariando mais uma centena de países”.

Ler mais

Rossano Cabral participa de coletânea sobre mal-estar na infância e medicalização do sofrimento

Partindo de experiências clínicas e teóricas diferentes, os textos que compõem o livro “Mal-estar na infância e medicalização do sofrimento: quando a brincadeira fica sem graça” têm em comum a preocupação com o avanço sobre a infância e a adolescência de um discurso e uma prática que reduzem os fenômenos subjetivos a um dado orgânico, desconhecendo a complexidade dos acontecimentos no humano.

Ler mais

[:pb]Política de Gestão do Trabalho e Educação em Saúde: a experiência do ProgeSUS[:]

[:pb]O estudo de Carinne Magnago, Celia Regina Pierantoni, Tania França, Swheelen de Paula Vieira, Rômulo Gonçalves de Miranda e Dayane Nunes Nascimento avalia o estágio das políticas de gestão do trabalho e educação em secretarias municipais e estaduais de saúde (SMS e SES, respectivamente), tendo como referencial a adesão a um programa de qualificação e estruturação da gestão do trabalho e da educação no Sistema Único de Saúde.[:]

Ler mais

[:pb]Aquisição domiciliar de refrigerantes e de biscoitos reduz o efeito de uma intervenção de promoção de frutas e hortaliças[:]

[:pb]O estudo desenvolvido por Gulnar Azevedo, Fábio Gomes e Inês Rugani, examina a influência do aumento da disponibilidade intradomiciliar de refrigerantes e biscoitos sobre os efeitos de uma intervenção de promoção do consumo de frutas e hortaliças. Foram analisados os dados de 70 famílias que viviam em comunidades de baixa renda na cidade do Rio de Janeiro, Brasil, que foram selecionadas por meio de uma amostra probabilística estratificada e completaram registro alimentar de 30 dias antes e depois da intervenção.[:]

Ler mais

[:pb]Atenção psicossocial a crianças e adolescentes com autismo nos CAPSi da região metropolitana do RJ[:]

[:pb]Os Centros de Atenção Psicossocial Infanto-juvenil (CAPSi) são equipamentos públicos destinados ao cuidado de crianças e adolescentes com problemas mentais graves, incluindo aqueles com transtornos do espectro do autismo (TEA). Revisão da literatura nacional indica falta de informações sistematizadas sobre o tratamento oferecido a esta clientela. O artigo apresenta e discute dados referentes a perfil psicossocial e projetos terapêuticos para usuários com autismo e seus familiares, em CAPSi situados na região metropolitana do Rio de Janeiro.[:]

Ler mais

[:pb]A capilaridade da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde no Brasil[:]

[:pb]Este artigo de Tania França, Celia Pierantoni, Soraya Belisario, Katia Medeiros, Janete Castro, Isabela Cardoso e Ana Garcia, trata-se de revisão integrativa da literatura que objetivou identificar as concepções sobre educação permanente em saúde no Brasil, as metodologias utilizadas para seu desenvolvimento, as estratégias, principais desafios e dificuldades relacionadas à execução da Política Nacional de Educação Permanente em Saúde (PNEPS), do Ministério da Saúde do Brasil.[:]

Ler mais

[:pb]Sobre o rigor e a replicação[:]

[:pb]Confira artigo de Leonard P. Freedman que fala sobre “Rigor Mortis”, um título sensacionalista que desmente um livro cuidadosamente elaborado sobre a reprodutibilidade dos dados e o rigor científico na pesquisa biomédica. Embora o livro não quebre novos fundamentos, num momento em que a chamada “crise de irreprodutibilidade” tem alimentado um apaixonado debate entre cientistas e o público, e até lançou novas disciplinas (por exemplo, metaresearch), uma visão geral acessível do problema é mais que bem-vinda.[:]

Ler mais

[:pb]Revistas predatórias recrutam editor “fake”[:en]Predatory journals recruit fake editor[:]

[:pb]Uma investigação descobriu que dezenas de títulos acadêmicos oferecidos ‘Dr Fraud’ – uma farsa, cientista não qualificado – um lugar em seu conselho editorial. Leia artigo de Piotr Sorokowski, Emanuel Kulczycki, Agnieszka Sorokowska& Katarzyna Pisanski.[:en]An investigation finds that dozens of academic titles offered ‘Dr Fraud’ — a sham, unqualified scientist — a place on their editorial board. Katarzyna Pisanski and colleagues report.[:]

Ler mais

[:pb]Prazeres, cuidados e direitos[:]

[:pb]No VII Congresso Brasileiro de Ciências Sociais e Humanas em Saúde (organizado pela ABRASCO), a mesa-redonda “Corpos, Prazeres e Paixões: cuidado em saúde em foco” (título em alusão ao conhecido livro do antropólogo Richard Parker sobre sexualidade no Brasil) discutiu como as relações de gênero, idade e geração, os processos de estigmatização, a produção de estilos corporais e de novas tecnologias, bem como as emocionais que dão sentido a uma doença, podem ajudar a pensar em formas mais eficientes, eficazes e humanizadas de promoção do cuidado em saúde. [:]

Ler mais