(Português do Brasil) Projeto da Capes leva doutorado em Saúde Pública ao Pará

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

Após longo processo de negociação, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) aprovou a criação do Doutorado Interinstitucional em Saúde Pública, elaborado pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP/Fiocruz) – instituição promotora – em parceria com a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) – instituição receptora. Oferecido pelo Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública, da ENSP/Fiocruz, o Dinter formará doutores em uma região ainda carente de programas de pós-graduação em saúde pública e criará condições para o desenvolvimento de futuros cursos nesse campo. Na ENSP, a coordenação é dos pesquisadores Carlos Machado de Freitas e Rosely Magalhães; na Unifesspa, a responsável é a doutora Joseane Carvalho Costa. As inscrições estão abertas até 12 de junho de 2017 e devem ser feitas na Plataforma Siga Stricto Sensu Fiocruz.

“A formação em saúde pública é estratégica no Pará em virtude de o Estado expressar diversas contradições do nosso modelo de desenvolvimento. São problemas que envolvem o uso intensivo, apropriação e exploração de recursos naturais, impactos ambientais tremendos, conflitos pela terra, concentrar populações indígenas e quilombolas, além possuir regiões que vivenciam problemas urbanos típicos das cidades que conhecemos. No âmbito da pós-graduação, promover esse Dinter resultou da avaliação da nossa responsabilidade para com o país e para com a saúde pública – que é nossa vocação enquanto Escola Nacional – e pela possibilidade de impulsionar a criação de programas futuros”, afirmou o pesquisador Carlos Machado.
O doutorado é destinado apenas a servidores públicos (com título de mestre) da Unifesspa, da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), da Universidade Federal do Amapá (UNIFAP) e do Instituto Federal do Pará (IFPA). O objetivo é formar doutores capacitados a conduzir pesquisas em áreas específicas e para docência no ensino superior e na pós-graduação comprometidos com fortalecimento dos temas relacionados ao desenvolvimento, território e saúde na região amazônica. São oferecidas 22 vagas.
O início das aulas está previsto para agosto de 2017. O regime das aulas será de uma semana por mês, com a ida dos docentes da ENSP para o estado do Pará. Após a qualificação, os alunos deverão passar um período letivo (quatro meses) na sede do Programa de Pós-Graduação em Saúde Pública, na Fiocruz, no Rio de Janeiro, para que possam cursar disciplinas eletivas e trabalhar os dados da tese com os seus respectivos orientadores.
Minter e Dinter – Capes
Mestrado Interinstitucional (Minter) e Doutorado Interinstitucional (Dinter) são turmas de mestrado e de doutorado conduzidas por uma instituição promotora (nacional) nas dependências de uma instituição de ensino e pesquisa receptora, localizada em regiões, no território brasileiro ou no exterior, afastadas de centros consolidados em ensino e pesquisa. As turmas estão vinculadas a programas de pós-graduação nacionais recomendados e reconhecidos com nota igual ou superior a 5. A instituição promotora é responsável por garantir o nível de qualidade das atividades de ensino e pesquisa desenvolvidas por seu programa de pós-graduação na instituição receptora.
Coordenação
Dr. Carlos Machado de Freitas
Dr.ª Rosely Magalhães de Oliveira
Dr.ª Joseane Carvalho Costa
E-mail de contato: dintersaudepublica@unifesspa.edu.br (para eventuais dúvidas)
Texto publicado originalmente pelo Informe ENSP

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *