(Português do Brasil) Dia Mundial de Luta Contra a Aids: Solidariedade, Sexualidade e Direito à Saúde

Sorry, this entry is only available in Brazilian Portuguese. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

No cenário da resposta à Aids no Brasil observamos um singular apagamento da sexualidade e do gênero enquanto eixos críticos do desenrolar da epidemia. Entretanto, predomina uma retórica do otimismo perante ao controle da epidemia – propalada internacionalmente – , onde resta pouco espaço para compreender a produção de significados, subjetividades e modos de cidadania. Perante este cenário desafiador, onde o acesso universal à terapia antirretroviral também pode estar em xeque, o evento pretende instigar reflexões sob o ponto de vista da academia e do ativismo em torno ao 1o de dezembro – Dia Mundial de Luta contra a AIDS – . As mesas redondas que compõem a programação se baseiam nas discussões colocadas em dois dossiês temáticos organizados por Sexualidad, Salud y Sociedad – Revista Latinoamericana (agosto e dezembro, 2018), que reúnem um conjunto atualizado de análises críticas em torno ao HIV/Aids, os desejos, as identidades e os ativismos no Brasil.

LOCAL: Auditório Do Ims / 6º Andar

HORÁRIO: 09-12 horas

DATA: 4 de dezembro 2018

Esse evento faz parte das Jornadas sobre saúde e direitos humanos organizadas pelo CLAM nos dias 3 e 4 de dezembro.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *