Cecília Minayo participa da webQDA Meeting 2016

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

cecilia_minayo

O software de apoio à análise qualitativa webQDA é o sponsor/patrocinador do Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa. Neste âmbito, os participantes deste evento têm um desconto na inscrição do webQDA Meeting2016. Pelo teor prático da iniciativa o número de participantes não poderá ultrapassar os 80. Esta iniciativa será realizada no dia 11 de julho, na Universidade Lusófona do Porto (sede do CIAIQ2016 e do ISQR2016). Em anexo o programa e abaixo os convidados da mesa redonda. Os cursos de formação terão por base a nova versão do webQDA e serão dinamizados nos idiomas português (dinamizado pela equipa webQDA da Universidade de Aveiro – Portugal) e espanhol (dinamizado pelo Grupo CiberDID@CT da Universidade da Extremadura – Espanha).

Inscrições: http://www.webqda.net/produto/webqda-meeting-2016/

O webQDA Meeting 2016 tem por objetivo permitir o contacto entre investigadores ou interessados em aceder a conhecimento sustentado sobre análise de dados na investigação qualitativa. Este encontro permite olhar, por exemplo, um determinado mercado ou área de estudo, em função do modo como interpreta e percebe os seus desafios e produtos. Todos estes, que utilizam ferramentas tecnológicas de análise qualitativa de dados, carecem de um espaço de interação e debate em torno de ferramentas existentes, bem como de outras emergentes, proporcionando a reflexão sobre modelos, metodologias, instrumentos e procedimentos associados à análise qualitativa de dados que lhes tragam resultados fidedignos e rápidos, passíveis de partilha e discussão síncrona a distância. É este o propósito maior do presente encontro.

Mesa Redonda

Maria Cecília de Souza Minayo possui graduação em Sociologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1978), graduação em Ciências Sociais – City University of New York (1979), mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1985) e doutorado em Saúde Pública pela Fundação Oswaldo Cruz (1989). Desde 1997 é editora científica da revista Ciência & Saúde coletiva da Associação Brasileira de Saúde Coletiva e pesquisadora titular da Fundação Oswaldo Cruz. Tem experiência na área de Saúde Pública, com ênfase em Saúde Coletiva, atuando como professora, pesquisadora e orientadora principalmente nos seguintes temas: antropologia da saúde, metodologia de pesquisa social, metodologia da pesquisa social em saúde pública, violência e saúde, causas externas, violência, saúde coletiva e saúde e sociedade. Já orientou 68 teses e dissertações, publicou 177 artigos científicos, 125 capítulos de livros e 41 livros sendo 8 individualmente e 34 como organizadora e em colaboração. É membro do conselho editorial de 13 revistas científicas, sendo 4 estrangeiras e desde 2013 é Editora Regional da Revista Environmental Health Perspectives dos EEUU. Premiada pela Presidência da República com a comenda de Direitos Humanos em 2014.

Mª Cruz Sánchez Gómez licenciada e Doutora em Ciências da Educação pela Universidade de Salamanca e Mestre em Logopedia pela Universidade Pontifícia de Salamanca. Professora titular do Departamento de Didáctica, Organização e Métodos de Investigação da Universidade de Salamanca, especializada em Metodologia de Investigação Qualitativa. Membro de grupos de investigação espanhóis considerados de excelência. As suas áreas de trabalho estão relacionadas com as Tecnologias de Informação e Comunicação, grupos em risco de exclusão social e avaliação educativa. Orientou o grupo de investigação sobre “Género e deficiência” do Instituto de Integração na Comunidade da Universidade de Salamanca (INICO). Na actualidade, coordena los projectos de investigação de carácter qualitativo do Centro Internacional de Tecnologias Avançadas (Fundação Germán Sánchez Ruipérez-CITA) e da Fundação INTRAS (Povoação em risco de exclusão social). É directora de numerosas teses de doutoramento e tem uma ampla produção científica na forma de artigos e livros, todas elas vinculadas com investigações de carácter qualitativo. Igualmente, manifesta especial interesse pela transferência de conhecimento ao sector produtivo em actividades de investigação neste âmbito.

Isabel Alarcão é licenciada em Letras pela Universidade de Coimbra (P), mestre em Currículo e Instrução pela Universidade do Texas (EUA) e doutorada em Educação pela Universidade de Liverpool (UK). Na Universidade de Aveiro exerceu os cargos de Vice-Reitora e Reitora e lecionou até se aposentar com o professora catedrática. Autora de vários livros e artigos e muito estimada no país e no Brasil pelas suas intervenções em Congressos e Encontros científicos, é conhecido o seu trabalho no âmbito da formação de professores, tendo influenciado o pensamento sobre o papel das Didácticas das disciplinas e dedicado muita atenção à teoria e à prática da Supervisão. Tem-se dedicado também a temática do desenvolvimento profissional dos professores e das escolas numa perspetiva reflexiva. Outra área de interesse, mais recente, incide sobre os processos de revisão de literatura científica com vista à sistematização do conhecimento e sua divulgação, tendo publicado recentemente um livro, em coautoria, sobre esta temática. Para além da orientação de mestrados e doutoramentos e da coordenação de projetos, tem exercido funções de consultoria e avaliação e integrado corpos editoriais de revistas educacionais.

João Amado é Doutor e Mestre em Ciências da Educação e Licenciado em Filosofia. Actualmente Professor Associado com Agregação, Aposentado, da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, foi também professor da Universidade de Lisboa e Professor Efectivo do Ensino Secundário. Tem coordenado e participado em vários projectos de investigação nacionais e internacionais, foi coordenador decursos de formação a distância (VGCE do UC_D) e é autor e co-autor de livros e artigos sobre temáticas como a indisciplina e violência na escola, bullying e cyberbullying, metodologia da investigação qualitativa, epistemologia, pedagogia do ensino superior, etnografia e história da infância.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *