(Português do Brasil) Nova edição de Sexualidad, Salud y Sociedad apresenta a mulher na maioria de suas análises

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

O número de Sexualidad, Salud y Sociedad – Revista Latino-Americana correspondente a abril de 2018, traz uma rica e ampla oferta de temas e enfoques. Diferentes países da região são retratados por um conjunto de doze pesquisas que oferecem instigantes panoramas, oriundos da história, da antropologia e da sociologia, sobre os mecanismos de controle, gestão e regulação da sexualidade. Há discussões sobre afetos, iniciação e gestão da vida sexual, reprodução e controle da fertilidade, gestação e aborto, e a criação de filhos e manutenção de parceiros.
A figura da mulher toma o proscênio da maioria das análises, que levam em conta o papel da religião, da família, da medicina, do direito e de outras instituições nestas experiências. Estão presentes ainda discussões sobre violência sexual, questões de representação identitária, corporalidade e saúde sexual e reprodutiva. Narrativas oficiais, sejam discursos políticos, de profissionais da saúde ou as reflexões acadêmicas, aparecem também como registros analíticos. Estas temáticas são exploradas através de abordagens metodológicas que incluem aplicações de questionários, etnografia, entrevistas em profundidade, relatos biográficos e acervos históricos, entre outros.
A crescente demanda de autoras, autores e de um amplo leitorado, principalmente latino-americanos, que valorizam a oportunidade de publicar em Sexualidad Salud y Sociedad serve de estímulo para o ato de resistência que significa continuidade da publicação frente à grave crise que sofre a UERJ, a casa do periódico, há mais de dois anos. Embora um dos momentos mais agudos dessa crise tenha passado, tudo indica que o projeto de desmontá-la continua intacto e é ainda grande o esforço requerido para o reaquecimento das instituições universitárias
Conteúdos
Rafael Blanco
Emilio Archimio
María Cecília Johnson
Celmira Laza Vásquez, Ruth Alexandra Castiblanco Montañez, Zulma Consuelo Urrego Mendoza
Lucila Szwarc, Sandra Salomé Fernández Vázquez
Dulce María Galarza Tejada, Esteban Bernardo Rodríguez Hernández, Teresa Margarita Torres López, Silvia Larisa Méndez Martínez
Diego Madi Dias

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *