Mestrado Acadêmico

A seleção para o Mestrado em Saúde Coletiva é feita por concurso público, que inclui exame de proficiência em língua inglesa comum às três áreas de concentração e provas específicas, exame de currículo e entrevista para cada uma das áreas. O prazo máximo para integralização do curso é de 24 meses. Cada área tem currículos específicos, constando de disciplinas obrigatórias e eletivas. Em consonância com as exigências da universidade, há obrigatoriedade de cumprimento pelo discente de estágio de docência de 15h, que consiste em atividades teóricas sobre importantes temas relacionados às políticas brasileiras voltadas ao ensino superior, às estratégias didático-pedagógicas da atualidade, além de participarem de atividades ligadas às disciplinas de graduação oferecidas pelo IMS, à iniciação científica e às monitorias.

Após a conclusão dos créditos e antes de completarem 18 meses de curso, os alunos passam por um exame de qualificação, no qual apresentam seu projeto de dissertação para uma banca de três professores (no mínimo dois internos ao programa), e a aprovação neste exame conta como parte dos créditos necessários à obtenção do título. Ao final desse processo, a dissertação é submetida a exame público por uma banca com três membros titulares, dos quais um é obrigatoriamente de fora da instituição.

Saiba como ingressar no Mestrado Acadêmico do IMS.