Sobre o rigor e a replicação

Confira artigo de Leonard P. Freedman que fala sobre “Rigor Mortis”, um título sensacionalista que desmente um livro cuidadosamente elaborado sobre a reprodutibilidade dos dados e o rigor científico na pesquisa biomédica. Embora o livro não quebre novos fundamentos, num momento em que a chamada “crise de irreprodutibilidade” tem alimentado um apaixonado debate entre cientistas e o público, e até lançou novas disciplinas (por exemplo, metaresearch), uma visão geral acessível do problema é mais que bem-vinda.

Ler mais